Anúncio

Mais um ano passando, que venha o próximo

feliz ano novo 2021
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

O polêmico ano de 2020

2020 começou como qualquer outro ano, cheio de promessas e esperança, mesmo que do outro lado do planeta já estava acontecendo algo que poderia chegar a virar nossa realidade.

Seguimos sempre invigilantes, me parece que continuamos na corrida atrás do próprio rabo, isso a nível de sociedade, talvez por interesses econômicos, talvez por falta de interesses, ou talvez pela falta de inteligência, que acredito ser a verdadeira razão de estarmos onde estamos e como estamos.

O mundo é dos espertos, e que na verdade não passam de tolos.

Mais uma vez o ano que tinha tudo pra dar certo, o ano que levaria a glória para cada um de nós, o ano que inflamos de certezas, deu pra trás, a pandemia nos cercou, e ai acabou tudo, todos os planos, toda a esperança e tudo aquilo que almejávamos. Agora a única esperança é que saiamos vivos, é que tenha a cura, e mais uma vez voltamos à aquela busca insaciável pelo intangível momentâneo, e nos alimentamos mais uma vez por esperança, e agora não tem mais nada meu, é tudo nosso.

Agora olhamos para fora, agora olhamos para o mundo, agora é o futuro.

Mais um ano em que fomos tomados e atrasados por circunstâncias externas que não são favoráveis ao nosso desenvolvimento, mas esse ano é diferente, esse ano foi a nível mundial, esse ano parou o mundo.

E que ano não é mesmo?

No contexto geral, me pareceu mais um ano, vi muita coisa tendenciosa a mudar, mas somente tendenciosa, nada mudou, foi mais um ano em que muitos que estão lendo, talvez usaram agora, a pandemia como desculpa, por não haver nenhum outro fato de extrema importância acontecendo, que parasse a sua ação rumo a tão sonhada vitória.

E o curioso é que podemos continuar assim, levando cada ano como mais um ano, mais um ano que deixou para trás, mais um ano que não veio o que eu queria, mais um ano que aconteceu algo, que foi impossível fazer o que você deveria ter feito.

De fato, esse ano foi realmente intenso, mas como qualquer outro ano, sempre acontece tragédias, sempre vai acontecer algo para nos tirar dos trilhos, talvez não a nível mundial, mas com certeza nível do seu próprio mundo.

A sua responsabilidade como cidadão e dono do seu próprio mundo é correr atrás daquilo que se propôs a fazer, independente do que aconteça, como diz um amigo:
“Resistência, persistência, não importa o que aconteça”.

Chega de desculpas, chega de usar fatos como muleta, você é capaz e você pode fazer com que esse ano ou o próximo ou o ano daqui a 10 anos não seja somente mais um ano, use a inteligência, esqueça a esperteza, ela funciona a curto prazo e não da melhor forma.

Desejo que esse próximo ano, seja o seu ano e não mais um ano. A propósito, talvez ainda tenhamos esse vírus entre nós, essa desculpa pode ficar para o ano passado.

Veja mais Artigos sobre Desenvolvimento Pessoal:

Anúncio

Deixe seu comentário...

Com o facebook...

Ou com seu e-mail...

Deixe um comentário

Compartilhe

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Anúncio