Anúncio
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Alguém já deve ter te perguntado: você é de esquerda ou de direita? 

Mas por que você não encontra o seu centro? Por que você não é para a frente e para o alto ? Reflita sobre isso, porque esse é o caminho de todos nós, pelo menos deveria ser.

Diante da situação que estamos vivendo no Brasil e no mundo não tem como não nos preocuparmos. São tempos difíceis! Somos todos irmãos e fazemos parte do grupo humanidade.

Conseguiu se situar?

Vamos deixar de lado questões de política, gênero, raça, religião, preferências, etc. 

Se todo mundo conseguir enxergar o outro como SER HUMANO muitos desses problemas se resolvem. Essas classificações só causam separatividade, o que acaba sendo a contradição desses grupos os quais a proposta é se unirem em seus ideais.

Não tem que ter grupo de Lgbt, negros, esquerda, direita, feministas, judeus, cristãos, etc, etc…portanto não pertença a nenhum grupo, não se limite, pertencemos ao universo, somos todos partes do Uno (Deus).

Enquanto o SER humano se dividir em grupos não conseguirá a união com os seres e com o Uno.

Precisamos de mais respeito, compaixão, empatia, amor, união, solidariedade. Enquanto ficarmos presos nesses ciclos viciosos de competição entre si não iremos a lugar nenhum.

O caminho é cooperação e não competição. Se as pessoas não tem essa consciência e não agem desta forma, então faça você, comece por você.

Faça a sua parte.

Transforme a si e transformará o mundo. Já pensou se cada um pensar desta forma, logo mais seremos algumas centenas, milhares, até chegarmos nos milhões e bilhões de seres realmente conscientes e em harmonia com as leis da natureza e do universo.

Julgue a si mesmo e não compactue com atitudes de ódio e separatismo, pois ninguém escapa da lei de causa e efeito. Cada um é responsável pelos seus atos e cada atitude que tomamos, por mais simples que seja, reverbera por gerações e afeta mais pessoas do que podemos imaginar.

Seja consciente, responsável, amoroso. Se o ódio pode reunir pessoas afins para ofender, machucar, atacar o outro, então o amor é bálsamo curador e também pode e deve nos unir para cuidar, sarar e solidarizar com a dor do outro.

Lembre-se: esse outro é nosso irmão. Não só aquele que sofre e é vítima, mas o algoz que comete atrocidades também é nosso irmão. Por mais que nos revoltemos com inúmeras situações absurdas e a atitude de muitas pessoas nos causem asco e repulsa, não podemos fazer nada, não temos controle sobre o que o outro é ou faz, apenas sobre nós mesmos.

Quando elevamos nossa consciência podemos fazer escolhas mais sábias e baseadas no coletivo, não apenas em escolhas pessoais.

Tudo começa em nós. 

Abraços de luz!

Anúncio

Deixe seu comentário...

Com o facebook...

Ou com seu e-mail...

1 comentário em “Para o alto e avante!”

Deixe um comentário

Compartilhe

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Anúncio