Anúncio

Autocuidado é uma questão de escolha?

Autocuidado uma questão de escolha
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

No artigo anterior “O ritmo da vida e do ser humano” apontei a rotina como o principal fator para a manutenção da harmonia entre todos os nossos órgãos e sistemas, para o bem-estar do nosso corpo. Nada melhor do que aprofundarmos este tema na semana do equinócio de primavera.

Atenção as escolhas

No entanto, para muitos a rotina pode carregar o conceito de algo pesado, maçante e de difícil cumprimento. No entanto, deixam de pensar que o bem mais precioso que temos nessa vida é exatamente aquele que negligenciamos todos os dias quando realizamos escolhas certas para o nosso prazer, porém “erradas” a longo prazo.

Escolher todos os dias aquilo que irá causar mais equilíbrio de todo o nosso corpo físico (não só o corpo, mas a mente e a energia também) é uma questão de cuidado, de valorização e respeito em relação a esse presente que a vida nos deu.

A origem da palavra “cuidado” vem do latim cogitātu, que significa: reflexão, pensamento, atenção, cautela, precaução. O que significa que o cuidado não é somente algo subjetivo atrelado ao bem-estar, porém, exige escolha racional daquilo que iremos cuidar, que deve ser acompanhada da consciência do porquê realiza-la.  

O autocuidado parte da mesma premissa: para quê, porquê e para quem queremos nos cuidar?

Essas são as perguntas que devem nortear todo nosso planejamento de vida e de saúde, afinal, resultam na premissa básica da construção da nossa rotina e, quiçá, da nossa vida inteira.

Veja mais matérias sobre Saúde:

Anúncio

Deixe seu comentário...

Com o facebook...

Ou com seu e-mail...

Deixe um comentário

Compartilhe

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Anúncio