Anúncio

O ritmo da vida e do ser humano

o-ritmo-da-vida-e-do-ser-humano
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

O momento certo em que se faz alguma coisa é o fator crucial para a manutenção da nossa saúde

Você já parou para pensar que na natureza existe um tempo próprio para cada coisa, no qual a vida flui harmônica quando nos alinhamos a ele?

O sol possui o ritmo eterno de rotação de leste para oeste em relação a terra. Esta, por sua vez, translada ao entorno do astro rei. Essa trajetória anual nos permite viver as estações da natureza. Ao fim, quando ele se põe temos a certeza que ele retornará no dia seguinte, sendo este movimento uma lei natural.

Agora pense: o que aconteceria se ele não ascendesse aos céus no horário em que esperamos? Com certeza, todo o ecossistema terrestre seria danificado: as marés, a temperatura, as colheitas, os animais, as plantes, e o homem.

Protágoras, filósofo sofista grego acreditava ser o homem a medida de todas as coisas. Talvez a referência seja o inverso: o homem é a medida da natureza que o circunda. Somos fruto da natureza que nos cerca, que nos dá alimento, oxigênio, luz e vida.

Cada vez mais a ciência moderna evidencia que a manutenção do movimento correto da saúde humana reside no ritmo das células e processos corporais, que estão aliados ao movimento do sol.

Assim é em toda a nossa realidade e já era previsto pela medicina tradicional, tanto a indiana quanto a chinesa, há mais de mil anos. Hoje a ciência moderna tenta realizar esse resgate através das recentes descobertas sobre a cronobiologia.

O tempo afeta a fisiologia de maneiras brutais e também sutis. Assim, o momento certo em que se faz alguma coisa é o fator crucial para a manutenção da nossa saúde. As trilhões de células corporais possuem um relógio interno conectado com o ritmo do sol, bem como as estações. O que isso quer dizer?

A hibernação de um urso durante o inverno, ou os sinais de fome ao meio dia são consequências desse ritmo que opera num ciclo de quase 24 horas e se reinicia toda manhã, quando nascem os primeiros raios de sol, indicando o cronograma diário de trabalho e regeneração de nossas células. Portanto, o que se evidencia é que a natureza indica ao ser humano o adequado modo para o funcionamento do corpo.

Por isso, se queremos nos tornarmos cada vez saudáveis e conscientes, esse movimento repetitivo e natural deve se manifestar em nossas vidas. Isso só acontece quando identificamos que saúde é praticar o equilíbrio em meio a tantos desequilíbrios.

Assim é a vida. Observar e viver os ciclos da natureza é a melhor forma de prevenção de todas as enfermidades. Ao final, o envelhecimento natural e saudável, o correto funcionamento de todos os nossos órgãos e sistemas, o bem estar do nosso corpo, mente e alma só dependem de um único remédio: a rotina.

Muita saúde e consciência elevada a todos!

Anúncio

Deixe seu comentário...

Com o facebook...

Ou com seu e-mail...

Deixe um comentário

Compartilhe

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Anúncio