Anúncio

Por que procurar uma terapia complementar?

terapia complementar
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin

Precisamos esclarecer que a terapia não é um tratamento alternativo. A utilização do termo “alternativo” é equivocada, pois a terapia não substitui o tratamento médico convencional.

A terapia complementar e integrativa cuida do nosso mental, emocional, energético e até do nosso espiritual. Assim, poderá auxiliar em qualquer tratamento médico e sem contra indicações. Mas de forma alguma devemos procurar a terapia com a ilusão de que o tratamento médico não é necessário. Se estamos doentes, devemos procurar um médico!

Diferente do médico que procuramos quando nos sentimos mal ou para consultas de rotina, a terapia complementar não precisa ser procurada exclusivamente quando você sente que não está bem. Na verdade, é uma ótima maneira de nos prevenirmos de muitas doenças!

Mas como terapia complementar pode ser preventivo?

Nós não possuímos somente um corpo físico. Além do nosso corpo físico, temos nosso corpo energético, emocional e mental.

Corpo físico: é aquilo que vemos e tocamos. Nossos braços, nossas pernas, nosso peito, pescoço e cabeça. Nossas veias, nossos órgãos, nossos ossos, nossos sistemas.

Corpo emocional: nossas emoções e sentimentos. O que alimenta nossa alma, nos faz sorrir ou chorar.

Corpo mental: nossos pensamentos e nossas ideias, que tomam forma pela força do nosso querer.

Corpo energético: é o nosso corpo etérico, é o corpo mais sutil que temos. É uma duplicata do nosso corpo físico, mas composto de fluídos que abastecem nosso corpo físico com energia vital. E é essa energia vital que nos ajuda a  regular todas as outras funções do nosso corpo.

Siga Jéssica no Instagram para mais dicas

Exemplificando…

Então imaginamos que nosso corpo é coberto por uma película que nos protege e nos abastece de energia e essa película é afetada diretamente pela nossa mente. E sabemos que nossa mente e nossas emoções, ao contrário do famoso discurso de emoção x razão, são ligadas uma à outra e podem interferir e interagir entre si para nos ajudar ou nos desestabilizar (dependendo da qualidade de seus pensamentos e sentimentos).

Para exemplificar, alguém te ofendeu e te deixou com um sentimento de raiva. E então, automaticamente sua mente começa a trabalhar em cima desse sentimento, quanto mais você alimenta essa raiva e pensamentos de baixa vibração, mais difícil ficará de se livrar desse sentimento. E de repente, seu dia começa a ficar péssimo e você começa sentir uma dor de cabeça, um rosto vermelho, tremedeira…

Esse é um exemplo simplificado de como nossos corpos interagem entre si. O emocional que afeta a mente, desestabilizando nosso corpo energético, abrindo uma barreira para reações físicas. Agora você consegue imaginar, sentir essa raiva todos os dias pelo mesmo ou variados motivos.

Ou consegue imaginar algo que está em seu subconsciente por traumas ou choque emocionais do passado e o que isso poderia causar¿

Esse acúmulo de reações físicas a um sentimento ou emoção mal resolvido, podem sim causar uma queda de imunidade abrindo portas para diversas doenças, e até mesmo afetar um órgão específico.

Esses sentimentos e pensamentos mal processados e ciclos que não foram encerrados, acabam por desestabilizar nosso corpo energético, nossa película protetora, ficando muito mais fácil doenças externas penetrarem nosso corpo físico e nos causando doenças desde uma gripe até uma depressão.

O processo de cura

Assim como a medicina, a terapia não opera milagres por si só.

A pessoa que está em tratamento realmente precisa querer ficar bem, realmente acreditar que pode se curar.

Se não houver essa vontade, essa disciplina em controlar seus pensamentos e seus hábitos, o processo do tratamento pode ser mais longo e talvez com menor efetividade.

A terapia complementar te ajudará a restabelecer seu corpo energético, através de técnicas de energização e de relaxamento, como Reiki, Aromaterapia, Cromoterapia, Florais, Acupuntura e muitas outras.

Com o corpo energético restabelecido, você se sentirá com mais ânimo para encarar o dia a dia, e a operar essas mudanças de pensamento e comportamento necessárias para ser saudável.

Não adianta fazermos qualquer tratamento médico ou terapêutico e não compreendermos que a saúde é o conjunto do que pensamos, do que nos alimenta e do que fazemos.

Você precisa questionar se o seu dia a dia está contribuindo para que você seja aquilo que quer ser, sinta o que quer sentir e emanar a energia que deseja de retorno para si.

E se decidir que deseja transformar sua vida, mas não sabe por onde começar, terapia integrativa te ajudará.

Anúncio

Deixe seu comentário...

Com o facebook...

Ou com seu e-mail...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Compartilhe

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Anúncio